11/10/2017 as 23h51 - Atualizado em 11/10/2017 as 23h51

PINHALZINHO - Alunos realizam apresentação no hospital

Os alunos fazem parte do projeto 'Educação em Tempo Integral: Escola Viva'



Os alunos da Escola Municipal de Educação Fundamental (Emef) Maria Terezinha realizaram uma apresentação, na tarde de terça-feira (10), no Hospital de Pinhalzinho/SC. A iniciativa foi das integrantes da Casa da Amizade, as quais mantêm a brinquedoteca no hospital. O objetivo da Casa da Amizade era culminar o Dia das Crianças e aproximar a escola com as crianças que estivessem internadas.

Prestigiaram as apresentações, os profissionais do hospital; o diretor administrativo, Silvio Mocelin; o presidente da associação hospitalar, Lauri Guillante; o secretário de Educação, Fabrício Fontana; a secretária de Assistência Social, Ivone Orso; e as integrantes da Casa da Amizade.
Com a palavra, o diretor do hospital agradeceu aos alunos e aproveitou a oportunidade para convida-los a se apresentar na missa de fim de ano, realizada pelo hospital.
O secretário de educação salientou sobre a importância de apresentar o que é trabalhado em sala de aula, com os alunos. Aproveitou para fazer um apelo, para que a comunidade em geral começa a valorizar mais o professor, a escola, porque lá é o lugar da verdadeira transformação. "Muitas vezes isso passa despercebido e a qualidade da educação só vai acontecer quando ela for valorizada pela comunidade. As crianças se apresentaram com sorriso no rosto e espontaneidade, isso devido à qualidade dos professores, que tem vínculos com essas crianças, porque ninguém faz nada a força e quando faz a força se percebe no olhar", ressaltou Fontana.
A presidente da Casa da Amizade, Neiva Lermen, agradeceu a todos, parabenizou as professoras e as crianças pela apresentação, assim como o hospital por ceder o espaço.

Os alunos fazem parte do projeto 'Educação em Tempo Integral: Escola Viva', elaborado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA) e financiado pelo Itaú, com a parceria das Secretarias Municipais de Educação e Assistência Social.
Conforme a secretária de Assistência Social, Ivone Orso, quem ouve os pais dos alunos do projeto, os professores, dispensa qualquer comentário de quão importante são essas atividades na vida das crianças.
ASCOM


Públicado por: Carlos Cesar